Início Artigos Substratos para orquídeas РSphagnum, esfagno, musgo

Substratos para orquídeas РSphagnum, esfagno, musgo

19730
12
COMPARTILHAR
Substratos para orquídeas - Sphagnum, esfagno, musgo

Precisa de umidade? Talvez aqui esteja a solução.

Dando continuidade aos artigos que estou escrevendo sobre substratos, agora é a vez do esfagno.

O esfagno, meio de cultura muito utilizado pelo pessoal das plantas carn√≠voras, √© um √≥timo substrato para aquela orqu√≠dea que necessita de um pouco mais de umidade. Ou para “dar liga”, quando voc√™ coloca uma planta em um tutor muito r√≠gido e seco, como madeira. Quando molhado, pode armazenar em suas c√©lulas o equivalente a 20 vezes o seu peso seco.

Em casa utilizo-o para plantas bem específicas. Tenho esfagno em minhas caixetas com Masdevallias, Draculas e Dryadellas. Aparentemente, está funcionando muito bem visto que minhas plantas estão cheias de brotos e sempre florindo. Comercialmente, é utilizado principalmente com seedlings e plantas carnívoras.

Bom, segundo o Wikipedia e devidamente corrigido pelo Gabriel Santos, Sphagnum √© o √ļnico g√™nero da fam√≠lia Sphagnaceae, que por sua vez √© a √ļnica fam√≠lia da ordem Sphagnales que, por fim, apresenta-se como a √ļnica ordem da suclasse Sphagnidae. Este g√™nero agrupa cerca de 200 esp√©cies em todo o mundo, podendo ser desde a cor verde at√© a marron, passando pelo ¬†vermelho.

Utilização

√ďtimo em reter umidade, por√©m, √© necess√°rio cuidado. N√£o √© um substrato de longa vida √ļtil. Se usado com adubos org√Ęnicos, aten√ß√£o: sua durabilidade diminui ainda mais. O ideal √© substitu√≠-lo quando come√ßar a se desfazer. Para utiliz√°-lo √© recomend√°vel lav√°-lo para retirar sais potencialmente prejudiciais √†s ra√≠zes das plantas.

O esfagno n√£o √© um substrato de sustenta√ß√£o, restringindo um pouco seu uso. Por causa disto, muitos orquid√≥filos o utilizam misturado a outros elementos, principalmente aqueles que ret√©m pouca umidade, como cascas, pedras e isopor. Entretanto, desta forma sua vida √ļtil √© ainda menor, sendo necess√°ria troca anual. Na ponta do l√°pis, torna-se extremamente custoso.

Extração

Assim como o xaxim, o esfagno é protegido por lei no Brasil, tendo sua extração proibida. Sim, extração, pois ainda não temos cultivadores deste musgo aqui no país. Sendo assim, todo musgo de procedência nacional é proveniente de coletas ilegais. Fique ligado, é uma planta de crescimento lento (assim como o xaxim) e sua coleta pode causar sua extinção.

O esfagno legalizado que temos aqui no pa√≠s √© o proveniente do Chile. √Č colhido nas bordas dos lagos andinos atrav√©s de manejo sustent√°vel de extra√ß√£o. Em mi√ļdos, isto quer dizer que quando uma √°rea √© colhida, a anterior descansa at√© o musgo regenerar-se. A esp√©cie chilena cresce dentro da √°gua pura dos lagos da montanha, nas margens mais rasas a cerca de 1,5m de profundidade. Perto da linha d’√°gua est√° a parte mais felpuda, considerado o melhor musgo e, obviamente, o mais caro. Quanto mais fundo, ou seja, perto da terra, ele √© mais ralo e barato. A parte do musgo fina e sem pelos n√£o √© arrancada do fundo, pois dela sair√° a nova brota√ß√£o.

Um erro comum √© pensar que este √© o musgo comum que se encontra nos muros, pedras e afins em nossas casas. N√£o. Lembre-se que existem muitas esp√©cies de musgo, sendo que o esfagno¬†pode ser identificado com alguma seguran√ßa pela forma da sua “cabe√ßa”. Claro, h√° variantes de¬†esfagno¬†que crescem em rochas, pedras e e pared√Ķes rochosos. Eles¬†habitam florestas tropicais muito √ļmidas, como a Mata Atl√Ęntica, e/ou regi√Ķes com umidade ambiente elevada, sendo facilmente achado na beira de rios e perto de cachoeiras.

Se voc√™ conseguir com que o seu musgo brote, pode ser cultivado para uso posterior. As condi√ß√Ķes necess√°rias s√£o local muito iluminado, sem sol direto e temperaturas n√£o muito elevadas.

Referências

Abraços!

12 COMENT√ĀRIOS

    • Oi Luciana!

      Sim, este musgo √© usado em suculentas sim. Lugar espec√≠fico para comprar em SP eu n√£o conhe√ßo. Normalmente eu compro em orquid√°rios, eles sempre tem. A √ļltima vez comprei no Orquid√°rio Ch√°cara Suissa, aqui em Curitiba.

      Abraços

  1. Ol√°. Excelente mat√©ria! Voc√™ saberia me responder porque minhas orqu√≠deas apodrecem quando as cultivo em esfagno puro com brita no fundo? Tenho diversas orqu√≠deas que comprei em orquid√°rio e que vieram plantadas apenas com esfagno e brita e n√£o apodrecem, mas, os vasos que eu monto sempre apodrecem as orqu√≠deas… O que ser√° que posso estar fazendo de errado?

    • OI Marisa, obrigado pelo elogio.

      Talvez seja a esp√©cie ou a qualidade do esfagno que est√° usando. Estas que vieram no musgo s√£o de que esp√©cie? As que voc√™ est√° plantando no musgo, s√£o de que esp√©cie? Nem todas as esp√©cies toleram a alta umidade do musgo…

      Att

      • Oi Luis Renato,

        Em primeiro lugar, obrigada por desperdi√ßar o seu precioso tempo ajudando a desconhecidos, √© uma atitude muito louv√°vel…

        O esfagno que eu tenho é aquele com a coloração meio arroxeada, acho que é o chileno.

        Algumas das plantas que eu adquiri j√° no musgo s√£o: brassia verrucosa, dendrochilum wenzelii, pleurothallis alligatorifera, dendrobium pierardii, dendrobium loddigesii, maxillaria tenuifolia, epidendrum…

        Eu j√° tentei plantar no musgo: algumas mudas de oncidiuns, uma muda de tolumnia, e tamb√©m, uma mudinha de dendrobium loggigesi destacada da planta m√£e (que estava no musgo). Todas elas apodreceram…

        Vou te explicar como monto o vaso: coloco as britas (aprox. 20% do vaso), coloco um pouquinho de esfagno √ļmido sobre as britas, e depois, enrolo COMPLETAMENTE as ra√≠zes da planta com o esfagno √ļmido, e ent√£o, coloco no vaso e acrescento mais esfagno para firmar a planta.

        Será que eu deveria deixar as pontas das raízes ou uma porção das raízes sem envolver no esfagno?

        Fico aguardando resposta e perdoe-me por estar ocupando o seu tempo.

        Agradeço imensamente a atenção.

        Abraço!

        • Oi Marisa

          Desculpe a demora em responder. Eu ia preparar um textão para respondê-la, mas aí me dei conta que tenho isto pronto. Publiquei o seguinte artigo esta semana:

          http://www.orquideas.eco.br/como-replantar-suas-orquideas/

          Nele você poderá ver o pode ajudá-la a plantar corretamente suas orquídeas.

          Mesmo assim, vou dar uns pitacos, já que você passou o nome de algumas de suas plantas. A maioria das minhas plantas estão em um substrato composto de um mix (http://www.orquideas.eco.br/substrato-best-mix-orquideas/). Não que precise ser este (gosto deste pq uso há um tempo e tem sido muito bom para minhas plantas), o importante é que permita a boa fixação de raízes e uma boa ventilação das mesmas.

          Quando voc√™ usa o musgo, voc√™ pode pecar pelo excesso de √°gua, pois o musgo tende a ficar √ļmido mais tempo. Neste caso, sempre √© bom lembrar que √© muito mais f√°cil matar uma orqu√≠dea “afogada” do que de sede.

          Alguns exemplos: minhas Brassia est√£o em mix e n√£o musgo. Minhas tenuifolias est√£o em uns peda√ß√Ķes velhos de xaxim e pegando quase que sol direto. As outras que voc√™ comentou realmente poderiam estar em um vaso com um pouco de musgo, mas eu n√£o colocaria s√≥ isto. Lembre-se, as ra√≠zes devem respirar. Talvez o fato que voc√™ enrola completamente as ra√≠zes esteja sufocando-as.

          Leia o artigo que passei no come√ßo (tem outros artigos dentro dele relacionados √† vasos, substratos… vai dar uma boa base) e, em caso de mais d√ļvidas, n√£o deixe de me mandar uma mensagem!

          Grato pelo apoio!

          Abraços

Deixe uma resposta