00:02:14

Cattleya x guatemalensis

0
Pleurothallis mystax
00:03:02

Pleurothallis mystax

0
00:01:40

Masdevallia ignea

0
00:00:57

Masdevallia roseola

0
00:01:13

Dendrobium thyrsiflorum

0

Orquídeas

Início Orquídeas Página 19

Dendrobium agregatum

6

Sou apaixonado por esta planta. Acho que seu formato e sua cor amarela é fora de série. Mantenho a minha planta em um vaso de cerâmica há pouco tempo, antes estava em vaso plástico. De certa forma, o ideal era um cachepot, mas vou manter o vaso de cerâmica pendente. Por serem plantas bulbosas com inflorescência pendente gostam de ficar penduradas. Como substrato, mantenho em fibra de xaxim. Mas pode ser usado também pedaços de cascas de árvores ou placas de cortiça ou de xaxim. Como a maioria dos Dend’s, é interessante diminuir a rega durante o inverno, estação na qual a adubação deve ser retirada.

Ficha da planta

Conhecida como: Dendrobium lindleyi Steud. 1840 – See also Dendrobium jenkinsii Wallich ex Lindley 1839 SECTION Densiflora;
Sinônimos: Callista aggregata (Roxb.) Kuntze 1891; Dendrobium aggregatum Rox. 1832; Dendrobium alboviride var. majus Rolfe 1932; Dendrobium lindleyi var. majus (Rolfe) S.Y.Hu 1973; Epidendrum aggregatum Roxb. ex Steud. 1840;
Origem: India, China, Hong Kong, Vietnam e adjacências – em altitudes superiores a 650 metros, chegando a ser encontrada até 1300 metros;
Planta: Epífita, 6~10 centímetros;
Flor: 2~5 centímetros, em cachos;
Época de floração: final do inverno, início da primavera;
Longevidade das Flores: 10~20 dias;
Fragrância: perfumado (suave);
Luz solar: entre média e alta – no meu caso está apenas com sombrite 50;
Dificuldade de cultivo: fácil. A minha passou por poucas e boas e ainda está firme e forte, novamente crescendo bem.

Curiosidade: lindleyi refere-se a John Lindley, botânico inglês que descreveu muitas espécies de orquídeas.

Dendrobium aggregatum
Dendrobium aggregatum

Abraços!

Laelia jongheana

0

Hadrolaelia jongheana é uma planta nativa de Minas Gerais, cresce em árvores nas altitudes de 1300 a 1600 metros. Requer excelente drenagem de substrato e iluminação quase direta. Aqui em casa ela encontra-se em uma placa de xaxim convivendo com uma  Huntleya meleagris (uma de cada lado da placa). Floresce normalmente de agosto a dezembro. Aqui em casa floresceu em agosto/setembro. Gosta de luz forte, por isto a mantenho na porta do orquidário, assim ela pega luz grande parte do dia.

Gosto muito desta planta, foi uma das primeiras que tive contato, ainda na casa de minha mãe. A beleza de suas cores atrai muitos orquidófilos e mateiros, fazendo com que esta espécie encontre-se ameaçada de extinção.

Ficha da planta

Nome específico: Laelia jongheana Rchb. f. 1872 SUBGENUS Crispae SECTION Hadrolaelia Schlechter
Sinônimos: Bletia jongheana Rchb.f 1872; Cattleya jongheana (Rchb.f.) Van den Berg 2008; Hadrolaelia jongheana ( Rchb.f. ) Chiron & V.P.Castro 2002; Sophronitis jongheana (Rchb. f.) C. Berg & M.W. Chase 2000;
Origem: Brasil;
Tamanho da planta: 9~13 centímetros;
Tamanho da flor: 7~15 centímetros;
Época de floração: Verão;
Longevidade das Flores: 15~18 dias;
Fragrância: não perfumado;
Luz solar: de moderada para forte e direta;
Dificuldade de cultivo: considero fácil.

Laelia jongheana
Laelia jongheana

Abraços!

Maxillaria schunkeana

2

Esta planta veio do orquidário RF, de Campo Largo, PR, há uns 18 meses. Desde então está meio paradona, espero que com o orquidário montado aqui em casa ela volte a florescer, como no início. A umidade é importante para ela florir, além de um sombrite 70. Aqui ainda estou cuidando da água, e o sombrite é 50. Vamos ver como ela se adapta. Ela está em uma caicheta, em breve estará perto do laguinho.

Abraços!

Redes Sociais

24,203FãsCurtir
8,593SeguidoresSeguir
1,379SeguidoresSeguir
955SeguidoresSeguir
8,930InscritosInscrever
- Advertisement -
- Advertisement -

Leia mais

Masdevallia Confetti

Dracula inaequalis

Capanemia superflua

Cattleychea Siam Jade