Início Orquídeas Masdevallia ignea

Masdevallia ignea

79
0

Minha Masdevallia ignea está em um vaso plástico transparente, com musgo chileno e brita como substrato. Está em local bem ventilado e com umidade constante. Tem se mostrado uma planta difícil de crescer como as outras Madevallias. Pelo tempo seco dos últimos tempos, algumas folhas sempre estão secando as pontas. Espécie que tem florescido pouco aqui em casa, uma vez ao ano e com poucas hastes.

Nomenclatura

Masdevallia ignea Rchb. f. 1871 SUBGENUS Masdevallia SECTION Masdevallia SUBSECTION Coccineae Veitch 1889

Sinônimos: Masdevallia boddaertii Linden ex André 1879; Masdevallia ignea f. citrina (Stein) O.Gruss & M.Wolff 2007; Masdevallia ignea var. armeniaca B.S.Williams 1894; Masdevallia ignea var. aurantiaca B.S.Williams 1894; Masdevallia ignea var. boddaertii Linden ex André 1879; Masdevallia ignea var. citrina Stein 1892; Masdevallia ignea var. coccinea Stein 1892; Masdevallia ignea var. goorii Sander 1901; Masdevallia ignea var. grandiflora B.S.Williams 1894; Masdevallia ignea var. hobartii Stein 1892; Masdevallia ignea var. marschalliana Rchb.f. 1872; Masdevallia ignea var. massangeana B.S.Williams 1887; Masdevallia ignea var. pulchra Vuylsteke ex Cogn. 1897; Masdevallia ignea var. rubescens Linden ex Kraenzl. 1925; Masdevallia ignea var. splendens Stein 1892; Masdevallia ignea var. stobartiana Rchb.f. 1881; Masdevallia ignea var. superba Linden ex Kraenzl. 1925; Masdevallia ignea var. tomasonii Gentil 1907; Masdevallia ignea var. vuylstekeana Cogn. 1897;

Sobre

Encontrada na Cordilheira Oriental da Colômbia, em elevações de 2600 a 3800 metros, como uma orquídea terrestre de crescimento de clima frio. De pequeno porte, com ramicaule robusto, ereto, envolvido basicamente por 2 a 3 bainhas tubulares soltas e carregando folha oblonga sub ereta, elíptica-lanceolada, coriácea, verde escura que é estreitamente cuneiforme abaixo no pecíolo sulcado e tem uma única flor ereta, delgada e terete. A inflorescência possui cerca de 30 a 37,5 cm de comprimento, segurando a flor bem acima das folhas. Ocorre no final Primavera e Verão.

Artigo anteriorMasdevallia roseola
Próximo artigoPleurothallis mystax
Nascido na apaixonante cidade de Curitiba. Fã de Formula 1, trabalha com tecnologia da informação. Divide seu tempo livre entre as suas paixões: família, fotografia, aquarismo e a orquidofilia. Tem quatro gatos e uma ararajuba barulhenta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here