Início Artigos Utilização de canela nas orquídeas

Utilização de canela nas orquídeas

32178
9
COMPARTILHAR

À medida que vamos estudando e nos especializando mais em nosso hobby, vamos aprendendo algumas técnicas que, embora básicas, são muito úteis quando nos deparamos com algum problema. Muitas vezes estas técnicas são receitas simples e baratas, tornando-os acessíveis a qualquer pessoa do hobby.

Uma das técnicas mais úteis que conheço é a utilização da canela nas orquídeas. Entretanto, não é só sair usando na planta e pronto! É necessário saber em que casos a canela é útil e vai ajudar a sua planta a ter uma qualidade melhor de vida. Portanto, vamos entender o que a canela é capaz de fazer na sua orquídea.

Primeiramente, a canela é a especiaria obtida da parte interna da casca do tronco de algumas espécies do Gênero Cinnamomum. Muito utilizada em culinária como condimento e aromatizante e na preparação de certos tipos de chocolate e licores. Já na medicina é usada na forma de óleos destilados, sendo conhecida por “curar” constipações e gripes. O sabor e aroma intensos vêm do aldeído cinâmico ou cinamaldeído.

Já na orquidofilia (e outros cultivares também) ela apresenta uma série de benefícios no tratamento de infecções bacterianas e fúngicas, devido às suas propriedades de desidratação.

Bactericida e fungicida

Entretanto, é necessário saber como utilizar a canela. O uso incorreto da canela pode danificar seriamente uma orquídea, deixando aquela impressão de que a especiaria nunca deveria ser utilizada com orquídeas. Portanto, veja como ela pode ser utilizada:

  • A aplicação de canela em pó sobre as feridas de corte de folhas de orquídea pode evitar a reinfecção da folha restante;
  • A aplicação de canela em cortes e feridas de pseudobulbos e em outros tecidos danificados de uma orquídea seca a superfície rapidamente;
  • O tratamento de alguns tipos de podridão (como a podridão negra) é muito mais fácil quando canela é aplicada. Considerando que os fungos prosperam na umidade e alimentam-se dos sucos vitais de uma orquídea, a canela seca o tecido de tal forma que a podridão não tem um ambiente propício para sobreviver. Consequentemente, na maioria dos casos a infecção é contida e exterminadas. Remova a parte afetada com uma margem de segurança, isto é, ao cortar a lesão, inclua uma pequena parte de planta sadia. Isso diminuiu a possibilidade de deixarmos tecido contaminado. Coloque canela em pó na parte remanescente da planta e pronto!
  • Quando você descartar uma folha, espalhe canela em pó no local do corte. A canela é um cicatrizante muito eficiente;
  • A canela acelera o desenvolvimento de novas células. Pode-se usar a canela em pó logo abaixo das folhas, pois é um ótimo incentivador a brotação e, ao mesmo tempo, protegendo-as dos fungos;

Aqui em Curitiba compro canela no Mercado Municipal ou em lugares equivalentes que vendem por peso. Assim, torna-se um meio efetivo e barato de sanear suas orquídeas, visto que assim você terá uma boa quantidade a um preço bem baixo (bem, comparando com as que vendem nos supermercados é espantosamente mais baixo).

Abaixo, um vídeo (em inglês) sobre a utilização da canela nas orquídeas:

Referências

Abraços!

9 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta