Início Artigos Orquídeas e seus frutos e sementes – não se deixe enganar!

Orquídeas e seus frutos e sementes – não se deixe enganar!

18822
31
COMPARTILHAR

Alguns motivos me levaram a pensar neste artigo e publicá-lo, mesmo sem ter todo o material disponível para tal. Por que falar dos frutos – ou capsulas – e das sementes das orquídeas?

A grande maioria das pessoas não sabem como funciona a propagação de uma espécie qualquer da família Orchidaceae, a família das orquídeas. De fato, é muito curioso, pois difere daquilo que conhecemos como o “habitual” na natureza, quer seria o “colocar a semente no solo e esperar brotar“, fruto da visão um tanto quanto incompleta que nos é passada logo na infância, com a famosa experiência de brotação da semente do feijão no algodão.

Este desconhecimento tem duas consequências. A primeira, quando uma orquídea gera um fruto, o orquidófilo ignora, pois não sabe o que fazer com ela ou imagina que sabe, tentando cultivar de maneiras tradicionais. Já a segunda, que motivou este artigo, é a forma como pessoas inescrupulosas, principalmente brasileiros, se aproveitam desta ignorância para ganhar algum dinheiro em cima dos pobres iludidos por anúncios enganosos. Exemplo? Vai no Mercado Livre ou Aliexpress, por exemplo, e digite “sementes orquídeas”. O resultado vai ser mais ou menos assim:

ml_1
Resultado da pesquisa: até orquídea com olhos!

O resultado mostrado na imagem acima mostra uma coisa interessantíssima: primeiro, todos tem paciência para contar as sementes da orquídea (você entenderá a ironia logo adiante – sementes de orquídeas são como pó). Há sementes de Phalaenopsis azul – a famosa Blue Mystic, sendo que é uma flor tingida, ou seja, fabricada a partir de uma Phalaenopsis branca e que, obviamente, não é natural, cuja próxima florada voltará a ser branca. Há também sementes de plantas que nem orquídea são e, a melhor de todas sementes: a orquídea cara de papagaio, uma brincadeira feita no Photoshop que até sementes reais está rendendo. E pasmem, só neste anúncio o vendedor já vendeu 63 pacotes destas sementes, ao custo de R$ 17,77 cada, totalizando um roubo de R$ 1.119,51.

Ah Luis, mas as pessoas não caem nesta não. Não? 63 pessoas compraram uma orquídea com olhos! Opa, 64 agora!

Ah Luis, mas elas vão perceber, reclamar e pegar o dinheiro de volta. Não, não vão. Seja lá o que o vendedor envia para estas pessoas, ou não vai brotar, ou até ter cara de alguma outra planta ele já terá embolsado seu dinheiro e você não poderá mais reclamar. É quase um crime perfeito. Um crime que só pega os desinformados.

O que todos precisam? Informação! Então vamos lá, neste caso o Wikipedia tem informações muito interessantes. Antes de mais nada, é importante entender de onde surge a semente.

A flor

Dentre todas as famílias de plantas possivelmente as orquídeas é a família que apresenta maior espectro de variação floral. Geralmente apresentam flores hermafroditas mas, além destas, em alguns gêneros podem apresentar flores exclusivamente masculinas ou femininas. Os órgãos reprodutivos (androceu e gineceu) encontram-se reduzidos e fundidos em uma estrutura central chamada coluna, ginostêmio ou androstilo. O número de estames varia entre as subfamílias: Apostasioideae possui três; Cypripedioideae dois, com o estame central modificado; as demais apresentam apenas o estame central funcional, com os dois outros atrofiados ou ausentes. Os grãos de pólen quase sempre encontram-se aglutinados em massas cerosas chamadas polínias, mas podem encontrar-se também agrupados em massa pastosa, ou rarissimamente soltos. As polínias ficam penduradas em uma haste chamada caudículo ou estipe, conforme sua estrutura, presas por um disco viscoso chamado viscídio, coladas por um líquido espesso secretado pelo rostelo. A maioria das espécies epífitas apresenta uma pequena capa recobrindo as polínias, denominada antera. O estigma é normalmente uma cavidade na coluna, onde as polínias são inseridas pelo agente polinizador. O ovário é ínfero, tricarpelar e possui até cerca de um milhão de óvulos.

A fecundação

Pela sua estrutura reprodutiva, as orquídeas obrigatoriamente necessitam do auxílio de agentes externos para o transporte de pólen ao órgão feminino de suas flores, uma vez que a massa polínica é pesada demais para ser levada pelo vento, e a parte receptiva do órgão feminino não é exposta o suficiente para recebê-la. Assim, as orquídeas selecionaram as estratégias mais fascinantes para promover a polinização. As flores podem possuir cores e aromas que atraem a atenção de polinizadores diversos, como abelhas, borboletas, mariposas diurnas e noturnas, besouros e beija-flores. Sua forma e tamanho também correspondem ao tipo de polinizador. Algumas flores podem assumir formas extremas. Orquídeas do gênero europeu Ophrys, por exemplo, apresentam a cor e a forma do labelo, ornado por cerdas, de maneira tal que se assemelham a fêmeas de uma certa espécie de abelhas. De forma que o macho, atraído pelo feromônio produzido pela própria flor e pela sua forma, copula com esta por engano, levando consigo as polínias, que depositará na próxima flor que visitar.

O fruto

Eis que sua bela flor foi fecundada. Ela começa então a gerar o fruto. Quase todas as orquídeas apresentam frutos capsulares. Eles claramente diferem em tamanhos, formas e cores. As epífitas apresentam frutos muito mais espessos com paredes carnosas, espécies terrestres apresentam frutos mais finos com paredes mais delicadas. Geralmente são triangulares, mais ou menos arredondados, com números de lamelas que variam de três a nove. Alguns são lisos outros rugosos ou mesmo cheios de tricomas, verrugas ou protuberâncias em sua superfície. Os frutos desenvolvem-se com o engrossamento do ovário na base da flor, o qual geralmente é dividido em três câmaras.

denseed03
Cápsulas de uma orquídea: seu fruto

Quando maduro o fruto seca e abre-se em três ou seis partes ao longo do comprimento, embora não inteiramente, mantendo-se sempre preso à inflorescência. Boa parte das sementes logo cai, depositando-se entre as raízes da planta mãe, as sementes são também amplamente dispersas com o vento por longas distâncias. Esta é a grande vantagem do tamanho mínimo destas sementes, afinal, com o auxílio do vento elas podem percorrer grandes distâncias antes de assentar em algum lugar.

As sementes

Quase todas as orquídeas apresentam sementes minúsculas e leves, constituídas por um pequeno aglomerado de células de cobertura abrigando um embrião. Seu tamanho é realmente microscópico, visto que não há reserva alimentar para que a semente possa germinar. Cada planta produz de centenas de milhares de sementes em cada uma de suas cápsulas. Ao contrário da maioria das plantas, as quais produzem um endosperma capaz de alimentar o desenvolvimento do embrião em seus primeiros estágios, as orquídeas utilizam-se de um processo simbiótico o fungo Micorriza que excreta os nutrientes utilizados pela jovem orquídea a partir da decomposição pelo fungo do material encontrado próximo à semente. Tão logo o embrião é capaz de realizar a fotossíntese, este processo torna-se responsável pela alimentação da planta e a Micorriza não é mais necessária.

denseed02
Milhares, talvez milhões de sementes.
denseed01
O fruto e sua semente

Apenas por curiosidade, algumas espécies de orquídeas saprófitas nunca serão capazes de realizar a fotossíntese plenamente e permanecem dependentes do fungo por toda a vida. Já algumas espécies de orquídeas, como por exemplo as do gênero Bletilla, apresentam alguma quantidade de endosperma. Por fim, poucas espécies de orquídeas têm sementes grandes. Estas são representadas principalmente pelos membros da subfamília Vanilloideae.

Em breve estarei escrevendo sobre como realizar a germinação destas sementes. Não, não é na terra. É um processo um pouco mais complexo – e interessante – que supre as necessidades da minúscula semente de forma artificial. Ou seja, sabe aquela semente que você compra no Mercado Livre e planta na terra? Esqueça, vai sair de tudo, menos a orquídea rara prometida no anúncio!

Abraços

Referências

  • pt.wikipedia.org
  • Imagens de um fórum – serão substituídas assim que conseguir fotografar uma cápsula em casa.

31 COMENTÁRIOS

  1. “Já a segunda, que motivou este artigo, é a forma como
    pessoas inescrupulosas, principalmente brasileiros, se aproveitam desta
    ignorância para ganhar algum dinheiro em cima dos pobres iludidos por
    anúncios enganosos”…
    Desculpe-me você…mas porquê “principalmente brasileiros” ?????? Não sou nenhum produtor…possuo
    algumas orquídeas em vasos…outras em tocos…apenas por hobby. Alguns dias passados uma pessoa
    numa página sobre orquídeas no facebook postou fotos de “sementes” de orquídeas em embalagens plásticas procedentes da China querendo saber se realmente eram sementes de orquídeas. Que diferença faz se já havia comprado???? Vai devolver??? Aqui pra mim eram sementes de erva-doce…painço ou outra plantinha qualquer menos orquídeas. Semente de orquídeas que tenho aqui
    é igual uma farinha.

    • Hermes

      Principalmente brasileiros pelo simples fato que para fazer esta pesquisa eu pesquisei vários mercados e vi que isto acontece mais aqui no Brasil. Não é demérito, apenas uma constatação. Tem na China? Tem aos montes também. Os moldes dos anúncios dos brasileiros sãos iguais aos chineses, inclusive com as mesmas fotos. Todos estão no mesmo saco, mas não vivo lá, vivo aqui, e me dói ver desonestos se aproveitando das pessoas de bem.

      Sobre que diferença faz se já havia comprado? Nenhuma, sendo nacional ou de outro país. O problema é a atitude destas pessoas, que procuram uma forma de passar outros para trás.

      Eu confesso que tenho vontade de comprar só para ver o que vem. Mas tenho dó de gastar com isto.

      Por outro lado, tenho um envelope de sementes de orquídeas da Malásia que realmente são orquídeas. A diferença? Ganhei, não precisei comprar. Existem aproveitadores e pessoas de bem em qualquer lugar.

  2. “Já a segunda, que motivou este artigo, é a forma como
    pessoas inescrupulosas, principalmente brasileiros, se aproveitam desta
    ignorância para ganhar algum dinheiro em cima dos pobres iludidos por
    anúncios enganosos”…
    Desculpe-me você…mas porquê “principalmente brasileiros” ?????? Não sou nenhum produtor…possuo
    algumas orquídeas em vasos…outras em tocos…apenas por hobby. Alguns dias passados uma pessoa
    numa página sobre orquídeas no facebook postou fotos de “sementes” de orquídeas em embalagens plásticas procedentes da China querendo saber se realmente eram sementes de orquídeas. Que diferença faz se já havia comprado???? Vai devolver??? Aqui pra mim eram sementes de erva-doce…painço ou outra plantinha qualquer menos orquídeas. Semente de orquídeas que tenho aqui
    é igual uma farinha.

    • Hermes

      Principalmente brasileiros pelo simples fato que para fazer esta pesquisa eu pesquisei vários mercados e vi que isto acontece mais aqui no Brasil. Não é demérito, apenas uma constatação. Tem na China? Tem aos montes também. Os moldes dos anúncios dos brasileiros sãos iguais aos chineses, inclusive com as mesmas fotos. Todos estão no mesmo saco, mas não vivo lá, vivo aqui, e me dói ver desonestos se aproveitando das pessoas de bem.

      Sobre que diferença faz se já havia comprado? Nenhuma, sendo nacional ou de outro país. O problema é a atitude destas pessoas, que procuram uma forma de passar outros para trás.

      Eu confesso que tenho vontade de comprar só para ver o que vem. Mas tenho dó de gastar com isto.

      Por outro lado, tenho um envelope de sementes de orquídeas da Malásia que realmente são orquídeas. A diferença? Ganhei, não precisei comprar. Existem aproveitadores e pessoas de bem em qualquer lugar.

  3. Ok Luis Renato…realmente gente desonesta sem escrúpulos é igual erva daninha…não precisa plantar e existe em todo lugar. O objetivo é ganhar dinheiro não interessa como.

    • Infelizmente.

      O que dói é saber que, muitas vezes, mesmo quando alertamos, as pessoas insistem em continuar com o erro. Lembro uma vez no face que alertei uma pessoa sobre esta questão das sementes e mesmo assim ela comprou. Não adianta reclamar depois.

      Agora, realmente não resisti quando vi o anúncio da orquídea com os olhos… certamente pessoas leigas vão cair nesta roubada, mas pior é saber que o vendedor não está nem aí para isto. Esta tem na China aos montes também, mas lá vende bem menos pelo que notei. Infelizmente não há uma forma mais efetiva de alertar as pessoas e elas fazem o que querem no final das contas, mas é triste pois muitas vão se desiludir com nosso hobby por causa de pessoas mal intencionadas.

      Abraços

  4. Ok Luis Renato…realmente gente desonesta sem escrúpulos é igual erva daninha…não precisa plantar e existe em todo lugar. O objetivo é ganhar dinheiro não interessa como.

    • Infelizmente.

      O que dói é saber que, muitas vezes, mesmo quando alertamos, as pessoas insistem em continuar com o erro. Lembro uma vez no face que alertei uma pessoa sobre esta questão das sementes e mesmo assim ela comprou. Não adianta reclamar depois.

      Agora, realmente não resisti quando vi o anúncio da orquídea com os olhos… certamente pessoas leigas vão cair nesta roubada, mas pior é saber que o vendedor não está nem aí para isto. Esta tem na China aos montes também, mas lá vende bem menos pelo que notei. Infelizmente não há uma forma mais efetiva de alertar as pessoas e elas fazem o que querem no final das contas, mas é triste pois muitas vão se desiludir com nosso hobby por causa de pessoas mal intencionadas.

      Abraços

  5. Olá Luis, parabéns, umas postagem incrível…eu aguardo sim a postagem sobre “como realizar a germinação das sementes”! Grande abraço!

  6. Nossa Q triste, eu recebi minhas sementes hoje é achei Q fosse de orquídea, fiquei tão feliz… Mas agora lendo esse artigo me decepcionei… 🙁 …

    • Mari

      Infelizmente muitas pessoas são lesadas diariamente por estas pessoas. A falta de informação acaba fazendo com que eles tirem proveito de uma coisa simples, fazendo muito dinheiro. Por isto é muito importante pesquisar antes de, por exemplo, comprar sementes de uma planta.

      Você pediu sementes de qual orquídea?

      • Oi Luis, pois é … Me enganei pela beleza das flores né …
        Comprei sementes de orquideas : macaco, abelha, sapatinho rosa e de bailarina para minha filha Pq ela é bailarina .
        Mas td bem, vivendo e aprendendo né. … Abraço!

        • Bom, sapatinho (Paphiopedilum) e bailarina (Oncidium) vc consegue mudas facilmente, se bobear mais baratas que as sementes. De macaco (Dracula) você consegue também, mas não exatamente aquela das fotos do mercado livre. Já a abelha (Ophrys) aqui no Brasil eu desconheço quem tenha para venda… a não ser, é claro, os falsos anúncios que tem por aí…

          Pesquise por orquidários idôneos… é muito melhor comprar a planta formada do que tentar semear, principalmente pelo trabalho que isto dá (você deve ter visto no post que não é simplesmente plantar na terra, tem um processo complicado por trás disto).

          Abraços

  7. Oi Luiz…acho que caí nesse golpe….comprei sementes de ‘orquideas’no aliexpress e chegaram umas sementea pretas e grandes,nada a ver com o que vi depois nos vídeos na net….triste por isso…mas vou plantar ainda assim.

    • Oi Rosalina.

      Tente com orquidários comerciais e reprodutores, são os mais idôneos para fornecer sementes à você. Essas que você encontra na internet não são de orquídeas e de nada adiantará para seu trabalho.

      Abraços

  8. Comprei de um vigarista baiano dois pacotinhos com 10 sementes cada de cypripedium e miltonia que junto veio instrução dizendo que; plantar orquídea é fácil! Segue; é só abrir no solo um buraco de 15 por 15 e 20 cm de profundidade com a recomendação de por areia no fundo e manter o solo já tratado úmido. O dito cujo baiano garante que as sementes germinarão em uns 40 dias ” quer dizer lá na terra da Bahia. Estou esperando só pra ver umas plantas invisíveis! Só daqui uns 60 dias. Que só quem é baiano pode enxergar. No livro de Waldemar Silva ” Cultivo de Orquídeas no Brasil “, o autor descreve uma compra de sementes via Correio que o que tanto esperaram não era nada daquilo, mas germinou. O Sr Waldemar alertava não confiar em sementes oferecidas dessa forma e, dizia que as boas semente não vão para ninguém. Portanto se comprar como eu espere pra não ver.

    • Sergio

      Infelizmente acontece aos montes. Parece que o povo, na ânsia de ter algo diferente, não se preocupa em pesquisar se aquilo é real ou não, se funciona daquela forma ou não. Você chegou a tirar fotos das sementes?

      Já cansei de denunciar este tipo de venda, mas de nada adianta. Resta olhar o povo sendo enganado por uns gatunos que se acham espertos mas na real são um bando de ladrões.

      Abraços

  9. Olá Luiz Renato, tudo bem?
    Já estava comprando sementes de orquídea do Mercado Livre para minha mãe, quando resolvi dar uma pesquisada e encontrei a sua matéria. Quando minha mãe viu as fotos da orquídea Bailarina e a Pomba Branca na internet, ficou maravilhada, já pediu para eu comprar as tais sementes para ela. Acredito que com esses conhecimentos que irei passar pra ela, ficará um tanto decepcionada,
    mas pelo menos, não vamos cair na lábia desses aproveitadores. Gostaria de saber, por gentileza, se existem realmente essas duas especies (Bailarina e Pomba Branca) e como faço para adquirir mudas ou até plantas adultas das mesmas. Obrigado por nos alertar sobre esse fato!
    Abraço!

Deixe uma resposta