Início Orquídeas Paphiopedilum leeanum – o fruto de um resgate (2014)

Paphiopedilum leeanum – o fruto de um resgate (2014)

1725
0
1025 - Paphiopedilum Leeanum
1025 - Paphiopedilum Leeanum

Como alguns de vocês sabem, há dois anos achei um vaso com uma orquídea jogado no lixo de uma casa aqui perto.

Com dó, trouxe a planta para casa – bastante debilitada – e comecei a cuidar para que ela tivesse uma nova chance de vida.

Dois anos depois, ela já está forte o suficiente para soltar três flores e agradecer pelos cuidados recebidos. Quem sabe ano que vem ela vem com mais.

Infelizmente, as pessoas com menos informação acham que orquídeas são parasitas que, assim que acaba a florada, podem ser jogadas fora. Ledo engano, nossas orquídeas são muito mais que isto.

Bom, que eu continue a achar vasos por aí e possa cuidar bem delas.

Paphiopedilum leeanum

Conhecida como: Paphiopedilum Leeanum Lawrence 1884;
Híbrido entre: Paphiopedilum insigne (pai) X Paphiopedilum spicerianum (mãe);
Planta: Híbrido nativo, terrestre, 20 centímetros;
Flor: 8 centímetros;
Época de floração: inverno;
Longevidade das flores: 30 dias;
Fragrância: não;
Luminosidade: média, alta;
Umidade: média, alta;
Temperatura: média;
Dificuldade de cultivo: baixa;

Paphiopedilum leeanum
Paphiopedilum leeanum
Paphiopedilum leeanum
Paphiopedilum leeanum
Paphiopedilum leeanum
Paphiopedilum leeanum

Abraços

Artigo anteriorColeção de livros “As orquídeas da Serra do Castelo”
Próximo artigoMycaranthes stricta
Nascido na apaixonante cidade de Curitiba. Fã de Formula 1, trabalha com tecnologia da informação. Divide seu tempo livre entre as suas paixões: família, fotografia, aquarismo e a orquidofilia. Tem quatro gatos e uma ararajuba barulhenta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here