Início Minhas orquídeas 1113 – Lanium avicula

1113 – Lanium avicula

1171
0
COMPARTILHAR
HashFlare

Já ouviu falar de uma flor peluda?

Pois bem, é uma péssima definição, eu sei. Mas é algo que qualquer um pensa ao se deparar com esta planta, principalmente quando está apenas com botões.

E a surpresa quando a flor abre? Sua coloração interessantíssima contrasta com a cor e a penugem de sua fase pré flor. Enfim, uma orquídea fora de série, que merece lugar de destaque qualquer coleção.

Aqui em casa temos um vaso bem recheado desta pequena belezura. Aparentemente dobrou de tamanho em menos de um ano, provando ser uma orquídea de fácil trato e adaptação. Além disto, é durável, visto que está há cerca de 20 dias na sala de minha casa e continua bela, com alguns botões ainda a abrir.

Ficha da planta

Conhecida como: Lanium avicula (Lindl.) Benth. 1881;
Sinônimos: Epidendrum avicula Lindley 1841; Epidendrum lanioides Schlechter 1913; Epidendrum longifolium Lehmann 1908; Lanium avicula var longifolium Cogn. 1898; Lanium ecuadorense Schltr. 1921;
Origem: Brasil, Bolívia e Peru – florestas úmidas entre 500 e 1450 metros de altitude;
Planta: Epífita, 6~12 centímetros;
Flor: 7,5 milímetros;
Época de floração: primavera e verão;
Longevidade das flores: 20 dias;
Fragrância: não;
Luminosidade: média;
Umidade: média;
Temperatura: média;
Dificuldade de cultivo: fácil.

1113 - Lanium avicula

1113 - Lanium avicula

 

1113 - Lanium avicula

Abraços!

Deixe uma resposta