Home Orquídeas Masdevallia infracta albescens

Masdevallia infracta albescens

1389
0

A minha saga de ter uma coleção bacana de Dracula’s e Masdevallia’s continua com essa Masdevallia infracta albescens!

As infractas, inclusive, são um caso a parte. Tem de tudo quanto é cor, são fáceis de cuidar e dão flores o ano inteiro se bem adaptadas.

Fáceis de cuidar? Bom, infelizmente tem que ter um clima que ajude. Como Curitiba não é dos piores lugares para estas duas espécies de orquídeas, vou tirando proveito disto.

Esta albescens estava meio abandonada no meio de tantas plantas à venda. Vi ela com uma única flor, pedindo para ser levada. Não tive dúvidas. Agora ela encontra-se devidamente plantada em um cachepot de madeira, já com suas amigas de espécie no orquidário.

Em um forum internacional definiram a planta da foto abaixo como um pássaro esperando alimento da mãe. Eu não daria uma definição melhor.

E continuo minha saga de Masdevallia’s e Dracula’s. Algumas daquela leva que chegou no final do ano já estão com hastes florais, estou louco de curiosidade para vê-las. Uma coisa é ver em uma foto, outra é ver ao vivo, sentir, apreciar.

Por enquanto deixo mais esta com vocês.

Ficha da planta

Conhecida como: Masdevallia infracta Lindley 1833 SUBGENUS Masdevallia SECTION Polyanthae SUBSECTION Alaticaules {Krzl.] Luer 1986;
Sinônimos: Alaticaulia infracta (Lindl.) Luer 2006; Masdevallia albida Pinel 1868; Masdevallia aristata Barb. Rod. 1877; Masdevallia aurantiaca Lindl. 1836; Masdevallia forgetiana Kraenzl. 1895; Masdevallia infracta var aristata [Barb. Rodr.] Cogn. 1896; Masdevallia infracta var purpurea Rchb.f 1833; Masdevallia longicaudata LeMaire 1868; Masdevallia tridentata Lindl. 1836; Masdevallia triquetra Schweidw. 1839;
Origem: Brasil, Peru e Bolívia, de 1100 a 2000 metros;
Planta: Epífita, 10~18 centímetros;
Flor: 7,5 centímetros;
Época de floração: verão;
Longevidade das flores: 10~20 dias;
Fragrância: não;
Luminosidade: baixa;
Umidade: alta;
Temperatura: média;
Dificuldade de cultivo: médio.

Masdevallia infracta albescens

Abraços!

Previous articleLanium avicula
Next articleCoelogyne punctulata
Nascido na apaixonante cidade de Curitiba. Fã de Formula 1, trabalha com tecnologia da informação. Divide seu tempo livre entre as suas paixões: família, fotografia, aquarismo e a orquidofilia. Tem quatro gatos e uma ararajuba barulhenta.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here