Início Artigos A magia da Laelia pumila

A magia da Laelia pumila

4536
8
COMPARTILHAR

A Laelia pumila é uma espécie muito conhecida, porém pouco cultivada de orquídea. Há um mito que é de difícil cultivo, porém na realidade não é. O que ela mais precisa é de uma boa umidade, preferencialmente constante, mas como toda orquídea, sem deixar as raízes encharcadas por muito tempo. Assim, o ideal é não deixá-la secar totalmente por períodos longos. A umidade do ar deve estar em torno de 60% ou mais, porém, o importante é observar a rapidez com que seca e, então evitar. Isso também depende muito do substrato, já que quando este retém mais água, a frequência de regas deve ser menor.

Laelia pumila

Vegetando naturalmente em áreas de mata protegidas do sol entre 600 e 1.300 m de altitude, a Laelia pumila necessita de um ambiente de cultivo com características similares às de seu habitat. Para obter uma boa floração, deve-se ter cuidado com umidade, ventilação, luminosidade e adubação, o que é comum para toda orquídea. Indicamos locais bem ventilados, com temperaturas entre 10 e 35°C e sombreamento de 50%.

A principal dificuldade é justamente o controle da irrigação. O excesso de água pode fazer com que as raízes apodreçam, mas a falta também pode levar à perda do exemplar. Alguns orquidófilos receitam duas regas por semana durante o verão, outono e primavera e somente uma a cada sete dias no inverno. A Laelia pumila gosta de muita umidade do ar e se desidrata com facilidade, porém não suporta ficar encharcada. Portanto, a questão é acertar na escolha do material utilizado como substrato e o quanto molhá-lo. Recomenda o uso de musgo, casca de pinus e tocos de madeira. O cultivo em vasos de plástico com casca de pinus e carvão e também em recipientes de barro com casca de pinus mais fina misturada com um pouco de esfagno permite que o orquidófilo irrigue as plantas com a mesma frequência. Importante salientar que esta planta se desenvolve bem em tocos de madeira, mas, neste caso, precisa de maior quantidade de regas.

Laelia pumila
Laelia pumila

Com relação à adubação, cada cultivador tem seu próprio método. Alguns indicam fertilizantes específicos para orquidáceas ministrados de acordo com as instruções do fabricante. Outros orquidófilos aplicam semanalmente NPK 20-20-20 e complementam com adubo orgânico ou organomineral. Nestes casos, o importante é seguir um padrão para que os exemplares não fiquem sujeitos a períodos de crescimento sem nutrientes. E também não sofram com o excesso de adubo quando estão em repouso ou em desenvolvimento lento, o que só os deixa mais vulneráveis a fungos, bactérias, entre outros agentes nocivos.

O mais importante é que espécie que precisa estar em seu orquidário! Com flores grandes comparadas ao tamanho da planta, agrada facilmente os olhos! Na dúvida, como no cultivo da maioria das orquídeas, melhor pecar pela falta de água do que pelo excesso!

Referências

8 COMENTÁRIOS

  1. Olá, boa noite!
    Voltando em grande estilo: informações precisas e fotos únicas!
    Não se és tu que não postas há algum tempo, ou se sou que fiquei um bom tempo sem ver suas postagens!
    Grande abraço e sorte (boa); sempre!

    • É, confesso que faz tempo que não posto. Estou voltando agora com algumas ideias, vamos ver se engata. A primeira saiu hoje, sobre lesmas e caracóis.

      E você, desanimou em escrever por aqui?

      Abração!

  2. Olá, boa noite!
    Voltando em grande estilo: informações precisas e fotos únicas!
    Não se és tu que não postas há algum tempo, ou se sou que fiquei um bom tempo sem ver suas postagens!
    Grande abraço e sorte (boa); sempre!

    • É, confesso que faz tempo que não posto. Estou voltando agora com algumas ideias, vamos ver se engata. A primeira saiu hoje, sobre lesmas e caracóis.

      E você, desanimou em escrever por aqui?

      Abração!

  3. Olá , tenho uma Laelia Tokio Magic , não sei o quanto de claridade ela precisa mas pega bastante luz através de um sombrite 80% na parte da tarde .. aqui o sol é muito forte e é sempre muito quente por isso seca muito rapidamente o substrato que está plantada assim estava molhando com pulverizador todos os dias mas percebi que algumas folhas mais antigas estão amarelando mesmo ela estando com muitas raízes novas .. Francamente estou na duvida do que fazer , se puder me ajudar .obrigada

Deixe uma resposta